Farrapos de Nuvens

...um dia descobrimos que somos nós quem decide se as nuvens podem mesmo esconder o sol. ...um dia.

quarta-feira, maio 19, 2010

Bem-vinda a casa!

Estranhamente crescida.
Um apelo da responsabilidade.
Sentir-me criança.
E já não ter a idade.

Ser e saber.
São verbos conjugados.
Uma vontade gigante.
De novos rumos traçados.

Há um caminho que me espera.
Um sonho que me sonha.
Sentir-me indefesa.
Quando devia ser a fera.

Hoje apenas querer ser isto.
Não mais do que sou.
Ter a certeza, ser feliz.
Por tudo no pouco que dou.


... em jeitinho de desabafo:
Voltei!
Novos rumos, novos horizontes, mais metas e continuo a tentar chegar ao meu único limite: o céu!
Sei que hoje sou uma pessoa diferente! Outras pessoas fizeram de mim uma pessoa diferente! Melhor? Pior? Quem vê lá saberá...
Essencialmente: Feliz!
Como já há muito tempo não sabia o que era...



' (...) como uma nuvem no céu ou como um rio que corre para o mar, também eu corro para ti, isso nunca irá mudar...'

1 Comments:

Blogger Isabel said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:53 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home